P a Z

10 08 2007

“PAI DOS POBRES” = Governantes cujo populismo pariu um monte de novos pobres em países como Brasil (Getúlio e Lula), Argentina (Perón), Venezuela (Chavez) e Bolívia (Morales).

“PAÍSES PERIFÉRICOS” = Países cuja fraca economia e baixo poderio militar os coloca em posição periférica na geopolítica mundial. Mas o esquerdista sempre acha que todos os países dever ser iguais, principalmente os governados por ditadores hostis ao ocidente

“PALESTINA LIVRE” = Israel fora do mapa e judeus exterminados.

“PARA TODOS” = Para o Estado, para o partido, para o sindicato, para o funcionário público, para o baderneiro, para quem não faz nada, para o ladrão.

“PARTICIPAÇÃO POPULAR” = Também chamado de ORÇAMENTO PARTICIPATIVO, o termo significa um assembleísmo burocrático para que o estado dê a falsa impressão de que a população tem influência em decisões governamentais.

“PARTICIPATIVO” = É quando a população acretita que está influenciando as decisões do governo, quando na verdade é o governo que está influenciando as decisões das pessoas.

“PASTORAL DA TERRA” = Organização de padrecos vermelhos de passeata que têm a cara de pau de dizer que são cristãos.

“PÁTRIA LIVRE” = País sem liberdade nenhuma cuja população é governada por ditaduras totalitárias, sempre de cunho fascista ou socialista.

“PATRICINHA ou MADAME” = Mulher que preza pela aparência, pela elegância e pela higiene pessoal não se tornando uma hippie peluda. Também serve para designar mulheres que não querem DAR para militantes de esquerda, para guerrilheiros, para terroristas, para bandidos e para outras mulheres.

“PATRIMÔNIO DO POVO” = Patrimônio do estado e do partido no poder. O termo vale tanto para as empresas estatais como para o AeroLula e seus dois reversos funcionando.

“PAZ” = Desarmamento total do Ocidente para a alegria de comunistas e terroristas.

“PENSAMENTO ÚNICO NEOLIBERAL” = É quando os esquerdistas se deparam com opiniões sobre política e economia diferentes das suas. Como são facilmente refutados em debates e discussões, se acham injustiçados e acabam achando que o pensamento “neoliberal” é “único” mas que na verdade é o “único” que presta.

“PERSEGUIDO POLÍTICO” = Fascínoras terroristas, guerrilheiros e intelectualóides que tinham a instalação de um sistema político e econômico totalitário comunista como grande objetivo. Mas que para o bem do país, foram “perseguidos” pela ditadura militar. Para os esquerdistas o termo não vale para perseguidos por ditaduras socialistas, sobretudo a cubana.

“PODEROSOS” =Quaisquer indivíduos ricos que não sejam governantes de esquerda ou burocratas do estado.

“POLÍTICAS PÚBLICAS” = Forma de o estado controlar a vida de qualquer pessoa como se o estado sempre soubesse o que é melhor para elas, mesmo em áreas que não lhe dizem respeito.

“POPULAR” = Relativo a: Sindicato, partido, corporação ou governo de esquerda.

“POVO” = Membros do partidão ou grupo de indivíduos completamente dependentes e dominados pelo estado.

“PLANEJAMENTO” = Idéias de como o estado vai dominar o indivíduo nos próximos anos, bem como nos planos qüinqüenais da antiga União Soviética ou nos saltos para frente da China que nunca deram em nada.

“PLAYBOY ou MAURICINHO” = Qualquer jovem que quer trabalhar e subir na vida ao invés de perder tempo com ativismo antiglobalização, greves, sexo livre, baderna, assaltos além de consumo e venda de drogas.

“PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO” = Diminuição de encargos trabalhistas para o empregador resultando assim em mais empregos e produtos com preço mais baixo para o consumidor.

“PRECONCEITO” = Discordar da esquerda, mesmo com informações comprovadamente verídicas.

“PRECONCEITUOSO” = Qualquer um que discorda de um esquerdista, mesmo com opiniões baseadas em fatos e estatisticas documentadas e embasadas.

“PRENDER NÂO RESOLVE” = Pretexto que governos usam para arrecadar mais impostos e não investir em segurança pública. Afinal, um bom dinheirinho tem que sobrar para cargos de confiança, programas assistencialistas populistas e propaganda estatal.

“PREVIDÊNCIA JUSTA E SOLIDÁRIA” = Previdência insustentável, falida, que beneficia somente os burocratas do estado e que está acabando com a economia nestepaiz.

“PRIVATIZAÇÃO” = Venda de empresas estatais caras e ineficientes para a iniciativa privada para desespero daqueles que adorariam vê-las nas mãos do governo e do partidão. Tudo para dar empregos e mamatas para a companheirada e roubar dinheiro público.

“PRIVILÉGIOS” = Riquezas acumuladas com trabalho duro, honesto e com méritos.

“PROGRAMAS SOCIAIS” = Forma de perpetuação da pobreza e compra de votos através de assistencialismo populista barato.

“PROGRESSISTA” = Qualquer indivíduo engajado em causas ecológicas, raciais, umbandistas, sindicais, humanistas, pacifistas, abortistas, feministas, gays, socialistas e anti-globalização.

“PROJETO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO” = Projeto nacional de aumento de impostos, da dívida pública, da inflação e da corrupção.

“PÚBLICO” = Estatal.

“PÚBLICO E GRATUÍTO” = Estatal e pago pelo contribuinte.

“PÚBLICO E DE QUALIDADE” = Estatal e caro para o contribuinte.

“RACISTA” = Qualquer pessoa que acha que negros são realmente iguais a brancos, mas que não é muito entusiasta de cotas universitárias ou de manifestações culturais como hip-hop ou religiosas como o candomblé.

“RACISTA CORDIAL” = Qualquer pessoa que seja contra cotas nas universidades, nos concursos públicos e nos cargos em comissão seguindo critérios raciais e étnicos subjetivos e sem base científica.

“REAÇÃO DESPROPORCIONAL” = Qualquer reação armada bem sucedida de países democráticos contra criminosos, guerrilheiros e terroristas.

“REACIONÁRIO” = Alguém que defende valores morais e democráticos, tais como: responsabilidade, liberdade individual e propriedade privada.

“REBELDE” = Qualquer um que queira depor um governo democrático.

“REBELDES BRASILEIROS” = Edição especial da revista Caros Amigos que fala da história de vida de pessoas que quiseram transformar o Brasil em um país muito pior do que já é.

“RECURSOS NATURAIS” = Recursos que o homem precisa explorar para sobreviver no planeta. Mas que muitos ambientalistas não querem que sejam tocados. Até porque eles querem mesmo é que a humanidade seja exterminada e só sobrem eles próprios e os bichos no planeta.

“REFORMA AGRÁRIA” = Reforma com o objetivo de tornar os métodos e padrões de produtividade agrícola similares aos do século XVIII ou similares aos de países socialistas, o que é muito pior.

“REFORMA UNIVERSITÁRIA” = Reforma com o objetivo de acabar com a liberdade de ensino em universidades particulares e de transformar as universidades federais em antros socialistas muito maiores do que estas já são.

“REFORMA URBANA” = Desapropriações forçadas de espaços urbanos e prédios ocupados ou não.

“REGULAMENTAÇÕES” = Leis protencionistas que impedem o livre exercício no mercado de trabalho em determinadas profissões e com fiscalizações de conselhos profissionais (Ex: CREA) com o objetivo de impedir que profissionais qualificados de outros países possam exercer suas respectivas profissões por aqui, com exceção é claro, de “profissionais” vindos de Cuba.

“REPARAÇÕES” = Termo também chamado de “DÌVIDA HISTÓRICA” utilizado por grupelhos organizados e revanchistas que acham que foram perseguidos, oprimidos, escravizados e outros coitadismos em alguma época passada. Tudo para conseguir mamatas governamentais. De preferência paga pela “elite branca opressora”.

“REPOSIÇÕES SALARIAIS” = Aumento se salários acima da inflação contribuindo também para o aumento da própria inflação, da informalidade e dos impostos.

“REPRESSÃO” = Qualquer ato da Polícia Militar no sentido de restabelecer o direito de ir e vir e a ordem pública. Exemplos: Desobstruir uma estrada bloqueada pelo MST ou uma Avenida movimentada onde militantes do PSTU estão fazendo arruaça, como quebrar vidraças de lojas e outras propriedades.

“RESGATE DA CIDADANIA” = Maneira de doutrinar uns pobres coitados para lutarem a favor da “causa” socialista, ou no caso de jovens, mostrar as idéias do Marx como a salvação do mundo.

“RESISTÊNCIA HERÓICA” = Baderna e conflitos provocados por grupos guerrilheiros e terroristas que consideram terrorismo e assassinatos em massa atos de legítima defesa contra “invasores imperialistas”.

“RESPONSABILIDADE SOCIAL” = Total transferência de responsabilidades do estado para as empresas, como se estas não pagassem impostos. O objetivo dos defensores da “responsabilidade social” é que as empresas deixem de lucrar para se dedicar ao “social” já que as únicas funções do estado hoje em dia são a de sustentar marajás, pagar juros da dívida pública e, é óbvio, lucrar.

“REVINDICAÇÕES” = Gritaria por mamatas estatais.

“REVOLUÇÃO” = Quando um esquerdista chega ao poder.

“SEGURANÇA ALIMENTAR” =É quando o indivíduo se alimenta só daquilo que a esquerda quer que a humanidade se alimente.

“SENSO CRÍTICO” = Criticismo ao sistema capitalista, à história oficial, na visão marxista do mundo com “sensibilidade” para as questões sociais. Normalmente presente em jovens recém doutrinados. Os possuidores da tal “virtude” geralmente se consideram intelectualmente e moralmente superiores ao resto das pessoas, além de considerá-las fúteis e ignorantes.

“SERVIDOR PÚBLICO” = Indivíduo que trabalha no governo e exerce atividades meramente burocráticas e que sempre acha que trabalha muito e ganha pouco, principalmente nas “catxigurias” ligadas à CUT.

“SETORES ESTRATÉGICOS” = Atividades econômicas sem concorrência em virtude de monopólios obtidos na marra por empresas estatais.

“SIONISTA” = Qualquer indivíduo que seja contra a destruição total do estado de Israel e dos Estados Unidos também.

“SOBERANIA” = Liberdade e independência para o estado perseguir, expropriar, dominar, torturar e matar aqueles que o opuserem. Também define estados cujos governos sejam anti americanos ferrenhos.

“SOCIAL” = Termo amplo, vago, abstrato, flexível, confuso, utilizado com muita freqüência pela esquerda como um embelezador de discursos. Muitas vezes, o termo nega o sentido de alguma palavra que o acompanhe, ex: propriedade social = negação do direito de propriedade, justiça social = negação da justiça existente em prol de uma suposta luta de classes. O “social” da esquerda quase sempre se torna anti-social.

“SOCIAL DEMOCRACIA” = Regime político/econômico baseado em altos gastos públicos para financiar benefícios sociais para a população (ou melhor, para uma pequena parte da população) resultando em altos impostos e baixo crescimento econômico. Mas se isso acontecer, é só botar a culpa no “neoliberalismo” que tudo fica resolvido.

“SOCIALISMO” = Sistema econômico onde todas as propriedades e meios de produção estão exclusivamente nas mãos do ESTADO onde este detém toda a riqueza produzida no azarado país em que este famigerado sistema está implantado. Este sistema na verdade deveria ser chamado de ESTATISMO, ou até de ditadura mesmo.

“SOCIALISMO CIENTÌFICO” = Socialismo utópico. Afinal, a história mostrou que todo o socialismo é utópico. Até mesmo o científico.

“SOCIALISMO UTÓPICO” = Socialismo utópico.

“SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA” = Agrupamento de pessoas com um objetivo em comum que é sempre o de conseguir mamatas estatais.

“SOCIEDADE CONSUMISTA” = Uma sociedade em que para se consumir, é preciso trabalhar e produzir. Mas trabalhar e produzir é tudo o que o esquerdista não gosta de fazer.

“SOLIEDARIEDADE” = Fazer caridade com o dinheiro dos outros e ainda se achar herói.

“STATUS QUO” = Toda e qualquer situação que não está de acordo com aquilo que o esquerdista quer.

“SUBMISSÃO ou SUBSERVIÊNCIA” = Reformas econômicas e abertura comercial para que um país entre no mundo globalizado.

“SUPERÁVIT SOCIAL” = Pretexto que o Estado usa para coletar mais imposto e gastar adoidado aumentando a dívida púbica. Como mais impostos e endividamento significa mais desemprego, o “superávit social” sempre vira déficit social.

“TECIDO SOCIAL”= Conjunto de indivíduos que os esquerdistas gostam tais como: Pobres fidelizados com “PROGRAMAS SOCIAIS”, funcionários públicos grevistas, bandidos e outros tipos de “OPRIMIDOS”.

“TERCEIRO MUNDISMO” = Alguém já viu algum cara feio, pobre, burro, bêbado, desdentado e fedido que apesar de tudo ainda se acha? Isto é Terceiro Mundismo. São países pobres com governos populistas, totalitários e corruptos; isto quando não estão em guerra civil. Mas que mesmo assim devem ser considerados países lindos e maravilhosos até porque a esquerda acha que essa desgraça toda é culpa do “Imperialismo Estadunidense”.

“TERRORISMO DE ESTADO” = É quando países democráticos combatem o terrorismo de verdade.

“TRABALHADORES” = Baderneiros, grevistas, sindicalistas, burocratas do estado, bandidos, membros do partidão ou qualquer outra espécie que também NÃO GOSTE de trabalhar.

“TOLERÂNCIA” = Tolerância com diversos tipos de culturas, opiniões, crenças e valores. Mas com exceção é claro, das culturas, opiniões, crenças e valores ocidentais e judaico-cristãos.

“TRABALHISMO” = Corrente política que só pensa em dar cada vez mais benefícios e privilégios para os “TRABALHADORES”. O “TRABALHISMO” no fim, sempre acaba virando “desempreguismo”, “impostismo” e “informalismo”.

“TRANSGÊNICOS” = Produtos agrícolas desenvolvidos e aprimorados em laboratório para que sejam mais nutritivos e resistentes a pragas. Também aumentam a produtividade de lavouras e são consumidos em países desenvolvidos.

“UNILATERALISMO” = É quando países capitalistas e democráticos tem mais peso na geopolítica mundial do que ditaduras terceiromundistas adoradas pelos esquerdistas.

“UTOPIA” = Utopia

“VEGETARIANISMO ou VEGANISMO” = Conceito que confunde cadeia alimentar com luta de classes. Já não basta a “igualdade” entre seres humanos. Agora, a “igualdade” deve se estender a todo o reino animal. Para os vegetarianos, comer carne é considerado um ato de “opressão” e vegetarianismo significa a “libertação” dos “oprimidos” seres herbívoros.

“VIOLÊNCIA POLICIAL” = É quando a polícia vence tiroteios contra bandidos.

“VÍTIMAS DA SOCIEDADE INJUSTA” = Bandidos de toda espécie que só porque são pobres acham que não tem responsabilidade por nada.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: